Sobre a CAPPAZ

O Centro de Apoio a Pessoas com Perda Auditiva e Zumbido (CAPPAZ) foi idealizado por Fernanda G. Andrade Lima e por Bruna d´Arce Resende, sendo inaugurado em 2 de dezembro de 2014.

Fernanda é fonoaudióloga, especialista em audiologia clínica com enfoque em zumbido pela Universidade de Bordeaux 2 (França). Bruna é fonoaudióloga, especialista em audiologia clínica e ocupacional pelo CEFAC (São Paulo). A formação de Fernanda e Bruna são complementares e essa parceria visa solucionar os problemas causados pelo zumbido e pela perda auditiva.

O CAPPAZ é um centro acolhedor, principalmente para aqueles que sofrem com zumbido e que estão cansados de escutar que zumbido não tem solução. O espaço é amplo, consta com equipamentos sofisticados, além disso dispõe de um auditório para receber mensalmente, e sem custo, o grupo de assistência a pessoas que sofrem com zumbido (GAPSZ).


Nossas ESPECIALISTAS

Nosso atendimento é focado em você

Fonoaudióloga, registrada no Conselho Regional de Fonoaudiologia, sob o no 7015/PE, Especialista em Audiologia com Enfoque em Zumbido pela Universidade de Bordeaux 2- França, Mestra em Ciências da Linguagem pela UNICAP, Especialista em Perícia e Assistência Técnica em Fonoaudiologia (Faculdade Redentor – IDE), Coordenadora da Pós Graduação de Audiologia pela Faculdade Redentor (IDE – Cursos), Sócia do Centro de Apoio a Pessoas com Perda Auditiva e Zumbido, Perita Judicial inscrita no Cadastro Nacional de Peritos (CPN), sob o nº 012508, Coordenadora da Pós Graduação de Perícia e Assistência Técnica em Fonoaudiologia pela Faculdade Redentor (IDE – Cursos).

Fonoaudióloga, registrada no Conselho Regional de Fonoaudiologia, sob o no 7570/PE, Especialista em Audiologia Clínica e Saúde do Trabalhador, Especializanda em Perícia e Assistência Técnica em Fonoaudiologia (Faculdade Redentor – IDE), Fonoaudióloga do Hospital Agamenon Magalhães, Sócia do Centro de Apoio a Pessoas com Perda Auditiva e Zumbido.

Sobre Perda Auditiva

A perda auditiva é a TERCEIRA incapacidade relacionada
à idade mais predominante em adultos com 75 anos ou mais, depois de artrite e hipertensão.

1
a cada 6 pessoas tem perda auditiva
80
% não fazem nada para tratar

Depoimentos

Somos muito gratos a todos os nossos pacientes por seus comentários.

Cappaz
“Olá! Meu nome é Rôzi e nasci com deficiência auditiva parcial e bilateral. Minha deficiência foi descoberta quando eu tinha 7 anos de idade e desde então usei próteses doadas pelo SUS ate minha fase adulta. Eles eram simples, de tecnologia analógica.
Até uns anos atrás descobri que existiam os digitais e com tecnologia Bluethoot com conectividade com celular.
Meu sonho! Comecei a pesquisar em algumas clínicas e internet e fiquei mais apaixonada ainda! Até que há um ano atrás conheci a CAPPAZ e a dra Bruna me mostrou que meu sonho poderia ser realizado com a Halo, feito para iphone*.
O Halo tem melhorado muito a minha capacidade de ouvir e me trouxe qualidade na interação com o ambiente pessoal e profissional. Meu trabalho atual exige muito que eu atenda telefone, interaja com aúdios pelo Whatsapp e participe de reuniões via vídeo e tenho tido bastante ajuda com meus novos aparelhos.
Posso afirmar de pé que estou muito feliz que a Halo participe da minha vida e contribua com a melhora e qualidade em relação ao meu mundo auditivo.
Rôzi
Vivendo uma mudança de vida!

Receba as novidades da Cappaz em primeira mão!

Informe seu nome e e-mail